De Singapura até Remondes

Cheguei ontem, e nem tudo correu bem, embora tenha sido a sétima vez que me encontro nesta cidade ontem foi difícil, e teria sido bem mais, se eu não levasse tudo com calma e descontracção, que a vida é boa o que e preciso e saber leva-la.

Me instale,i próximo da chinatown, e por isso estou por dentro aqui há de tudo e também pode a gente ser enganada, mesmo isso se deve levar como experiencia que servira numa próxima ocasião, a gente ser mais esperto.

O hotel é pequeno, muito tranquilo, embora eu não goste muito deste tipo de hotéis mas foi o que se arranjou, como são só duas noites passa depressa, as ruas próximas quase que nem se pode circular as pessoas, bem entendido, aqui carros não podem andar tantos são os chineses, é na verdade muito legal, poder ver tudo isto sem se preocupar com trânsito automóvel nem com a poluição, essa só sonora e muita.

Já conheço isto há bastante tempo e sempre me da um prazer grande ver e apreciar tudo o que os chineses tem para oferecer, coisas incriveis.

Parece dificil, mas tem aqui uma loja que eu já conheço, porque sempre que passei por lá, tem fila e grande. Para comprar a sua charcutaria, ainda hoje só abria as 9 e pelas 7.40 já tinha a fila mais de 500 metros, eu disse para mim mesmo, este tem bons produtos.. quase todos a base de carne de porco.

Depois fui pegar o metro direcção uma ilha que se chama Sentosa, fui de metro até a estacão do teleférico que me conduziu a cidade, tem uma vista maravilhosa da cidade e do seu porto e também da mesma ilha, onde passei parte da manha, mas tem muito para se ver, só que já conheço foi apenas para matar saudades, adorei fiz muita foto e muito linda, vir a singapura e nâo ver esta ilha fica muita coia por ver.

Depois de chegar já estava na chinatown, veio uma chuvada como nunca tinha visto foi demais uma meia hora a chover a cântaros como nos dizemos ai tal era a chuva.

Bem aqui, já são quase 14 horas, ai menos 7 eu já fiz tanto e vocês ainda estou a levantar-se tenho que ir almoçar, espero tenham gostado das minhas crónicas desta linda viajem que me esta fazendo muito bem, e se Deus quiser outras se seguiram, haja saúde que é o melhor do mundo Deus é grande e ajuda quem lhe pede eu lhe peco muito saúde.

Até Remondes se Deus quiser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 + six =