O pastar sempre foi muito útil nesta  aldeia, desde tempos imemoriais que eles andam pelo termo com o rebanho  e seu cão que serve de companhia e noutros tempo servia de defesa contra o lobo que assolava estas terras, mas que hoje já quase não existe mas em contrapartida cada vez há mais cão atrás de si.

Antigamente a vida de pastor era muito rude e difícil pois, como o  estrume era um factor muito importante havia que aproveitar tudo e por isso o pastar poucas noites dormia na cama de sua casa, hoje tudo é diferente o pastar não é mais um escravo das ovelhas mas um senhor que as conduz aos pastos que fabrica nas suas terras e pode dormir toda a noite na sua casa.

Houve tempos que eram muitos os rebanhos hoje não são mais que 5 dentro de poucos anos não devem existir pois o rendimento é pouco para muito trabalho.

O Benjamim foi pastar muito tempo e hoje já não se dedica a essa vida mas fiz esta foto há uns tempos quando ainda era pastor. Espero gostem .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

13 + fifteen =