Viajem pelo Brasil.

Depois de uma viagen, que durou quase 10 horas, muito boa, chegamos ao Rio depois de passar o controlo, me dirigi para fora onde peguei um autocarro que aqui se chama frescâo, mas porque ele já vinha do antigo terminal onde pegou um grupo de americanos que tinham tanta bagagem, que nos fomos obrigados e viajar de pé, e parece que o motorista nunca mais parava de aceitar passageiros. Eram americanos, da Novazelandia, franceses e portugueses e naturalmente brasileiros foi uma confusão terrível, um percurso que devia demorar uma hora levou mais de dois.

Depois de chegar, e descansar um pouco, fui dar uma voltinha aqui por perto, para ver como tudo estava e o que há de novo desde a minha última estadia aqui, no ano passado nesta linda e maravilhosa cidade. Que surpresa, tudo estava muito mais caro, mesmo assim tudo estava cheio também podia ser era sexta e aqui e dia de muita farra.

Hoje é sábado depois de me levantar pelas 6 da manha fui dar um passeio junto ao mar no que aqui chamam de calçadao, se desfruta uma paisagem maravilhosa, e onde se encontram muitas pessoas que diariamente pela manha, praticam o desporto preferido.

Velhos e novos, de todas as cores, correm indiferentes aos olhares que por vezes é difícil, mesmo um santo, seria tentado a olhar, mesmo que depois, tivesse que pedir perdão pelos seus pecados tal é a beleza que as mulheres desta terra, com tanta naturalidade e sem qualquer complexo, presenteiam aqueles que se dão trabalho de fazer a ginástica matinal.

Depois fui tentar cambiar dinheiro, mas foi difícil, porque era sábado, e aqui poucos bancos e cambistas trabalham, fui dar uma volta pela linda e famosa Copacabana, onde senti muitas saudades de tantas vezes que já estive nesta cidade, vi o pão de açúcar, e o Cristo lá estão a minha espera penso visita-los logo que possa.

Amanhâ é Domingo, e tem muito para ver, aqui estarei para contar boa noite, deste presente de Deus para os homens, obrigado.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

17 − 11 =