As rolas de outros tempos.

Que tempo senhor António,

ainda ontem era inverno e hoje este calor? Isto já não é como antigamente.

A memoria dos homens é curta, este ano houve na verdade uma seca muito extrema mas já ouve outras mas essas já se esqueceram, agora que choveu tudo esta diferente muito lindo.

A primavera é tempo lindo, embora para as pessoas do campo de muito trabalho, mas também tem o prazer enorme de ouvir e ver todos os passarinhos que chegaram as nossas terras para se reproduzirem e nos trazer a alegria e nos regalarem com seus cânticos.

Nem é preciso sair de casa, eu sentado na frente do computador já ouvi hoje cantar inúmeros pássaros, alguns nem o seu nome sei.

Eu que ando muito pelo campo fazendo minhas pesquizas estou impressionado com a quantidade de rolas que este ano chegaram por aqui, e graças a Deus com o desaparecimento dos chamadas rolas turcas que são uma espécie invasora que tal como o seu nome indica vieram da Turquia e chegaram ao nosso pais por volta de 1960, ocupando o espaço que as tradicionais ocupavam e sendo concorrentes com estas na comida e nos locais de nidificação.

A rola Brava é uma ave migratória que vem até nos para se reproduzir, e depois vai passar o inverno em Africa.Nem todas por os marroquinos lhes armam grandes barreiras de rede onde são apanhadas aos milhões é na verdade uma desgraça para esta linda ave, havendo também na Europa países que a caçam demasiado em frança já vi na tv , quase parece uma guerra entre os defensores e os que querem caçar esta linda ave.

Este ano tenho visto muitos casais de rolas por todo o lado, e o seu canto nos enrola num murmurinho de amor e de saudades dos tempos em que erradamente tentávamos apanhar as rolas, mas hoje tudo mudou e poucos são aqueles que ainda pensam nos nelas como fonte de alimentação ou petisco.

Ainda me lembro de eu mesmo ter armado lousas com a intenção de apanhar a pobre da rola mas hoje recordo isso com amargura e um pouco de vergonha de ter feito isso, eram outros tempos havia mais preocupações para todos tal eram as dificuldades da vida.

Chegam aqui por volta do fim de Abril este ano vi pela primeira vez no dia 19 de abril na ladeira perto das Chãs.

Cada dia que saio fico mais feliz só de ouvir toda a passarada cantar, o cuco já anda por ai hà muito tempo, e este ano parece que voltarão mais roussinóis que já alguns anos que não se ouviam por aqui.

Assim vai a primavera na nossa terra.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

1 × 5 =