O São Filipe.

Um dos 12 primeiros apóstolos de Cristo, nasceu em Betsaida, na Galileia segundo os evangelistas Mateus, Marcus e Lucas. Perdeu o pai exactamente

na ocasião em que conheceu o Divino Mestre, e tornou-se o quinto apóstolo na hierarquia do Cristo.

Esteve presente no milagre da multiplicação dos pães e na última ceia. Após a morte de Jesus viajou ao Egipto, Etiópia e ao norte de África, e depois rumou para a Grécia onde viveu em Hieropolis com as suas 4 filhas sendo duas delas profetizas.

Era um judeu Helenista, e antes de mais nada um evangelista para as sinagogas judaicas de língua grega da Cítia e Frígia e dos arredores da Grécia e Macedónia.

No evangelho de João aparece como grande amigo do apóstolo São Bartolomeu e cita que ficou profundamente impressionado com o mistério da Trindade,relatado por Jesus durante a ultima ceia.

Ordenou vários bispos entre os gregos e as suas igrejas desenvolvia sete sacramentos. Cuja mais alta iniciação era o Mistério da Câmara Nupcial, na qual a imagem de Deus, que habitava no coração do discípulo era reunido ao anjo ou alma ressuscitada.

Segundo a tradição ele morreu crucificado de cabeça para baixo, aos 87 anos em Gerápolis no tempo do imperador Domiciano.As suas relíquias teriam sido transportadas a Roma e colocadas junto das de São Tiago Menor, na Igreja dos Santos Apóstolos.

O seu dia é celebrado a 3 de Maio e ele é o padroeiro dos missionários.

Este santo já não faz parte da nossa terra , mas seria injusto não o mencionar nesta rubrica dos nossos santos.

Existiu uma capela num lugar a que chamam ainda hoje de São Filipe, onde foram encontrados os alicerces assim como muita cal, eu próprio pode constatar isso mesmo no local e ouvi dizer ao dono que quando fizeram as paredes ainda havia restos da capela que se situava na propriedade que era dos costas e hoje pertence aos herdeiros de José Afonso (alfaiate).

Na minha juventude ouvi dizer que o santo ainda estava na sacristia junto de outras velharias mas agora não sei não o consegui ver.

Há alguns historiadores que dizem que os habitantes deste lugar foram para o Santo Antão, eu penso que não, pois se fossem teriam levado o seu santo o que era normal, por isso devem ter vindo na maioria para a actual freguesia , embora não seja de descartar que alguns tenham ido para a Quinta do Santo Antão.

Ao são Filipe rogai por nos

 

l.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

two + seventeen =