Desistimento, que fazem, o pároco Manuel Gonçalves Nicolau e sua sobrinha Rita Maria Gonçalves do lugar de Remondes , dos bens da confraria do

Santissimo,arrematados em praça publica ,em 1820 de que me chegou carta de sentença

Ano do nascimento, de nosso senhor Jesus Cristo, de mil oitocentos e vinte e quatro, aos 15 dias do mês de Fevereiro, e todo o ano neste lugar de Remondes , compareceram a maior parte do povo, na presença do sobredito Pároco Manuel Gonçalves Nicolau ,e sua sobrinha Rita Maria Gonçalves, possuidores dos bens da confraria , e na presença dos já mencionados, decidiram, que vendo o grande prejuízo, que causaram à dita confraria , a falta de rendimento daqueles bens , tanto que as esmolas , dos terceiros Domingos , como procederam na confraria ,desistiram de sua própria motu (vontade)dos ditos bens, condição, que nunca serão os ditos mais do que por arrendamento da Confraria , nem ficaram sujeitos , as leis de sua Magestade,para serem destituídos ,por esse fim ,concedendo toda a liberdade ao povo que insistiu para poder defender, já ao fim , e não podendo , ficaram senhores eles desistentes , como condição, que desistindo dos bens sem recompensa, da despesa alguma de serem adquiridos , nem de arrematações,nem despesas , nem sentença, nem mais cobra alguma satisfazendo nos anos da sua escolha do povo, atribuindo estas contas , foi este termo que assinei , assim como a maioria do povo presente, que também assinou, Remondes 15 de Fevereiro de 1824.

Eu, José da Encarnação, assino a pedido e arrogo dos presentes que não sabem assinar.

João Fernandes? Sabia assinar

Manuel Pires, sabia assinar

Manuel dos Santos Varizo (variz) que era o actual mordomo da confraria

Bernardo Cacarelhos

Pedro Martins Faia

Miguel Alves

Victorino Faia

Manuel José Pacheco

António da Cruz, sabia assinar

Juiz da Igreja Francisco dos Santos Varizo ( Variz)

Marcelino José. Juiz do povo

E depois assinou o próprio Pároco Manuel Gonçalves Nicolau.

Segue-se uma declaração do Pároco, que seguira depois noutra crónica assim como, um pouco da história de cada um dos presentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

19 + 20 =