O mercado flutuante Banguekok

 

Pelas 6.30 da manha passou o carro pelo hotel, que me levou a uma cidade próxima onde se realiza todo o dia o Floating Market (mercado flutuante), depois de mais de hora viajando pela planície, o que mais chama atenção, são os campos prepados , como grandes piscinas e quem pensaria que não fossem campos de arroz, mas é algo de novo, culturas piscícolas a perder de vista, que fazem deste pais um dos maiores produtores de peixe e marisco do mundo.

Enfim chegamos, a Bang Damnoen Suduak, os canais cheios de pequenas mas barulhentas embarcações esperavam por nos, cada um embarcou onde lhe destinaram o lugar pois tinham que balançar uns com os outros devido ao peso.

Depois foi percorrer o canal, vendo o que havia para vender e era muito, nada ali faltava até tinha comida, bem cheirosa para os mais esfomeados, e muita lembrança na maior parte artesanal e ecológica pois tenha de tudo feito de matéria vegetal, era um regalo para os olhos e uma tranquilidade para o espírito, só visto.

Ainda comprei algo que andava procurando e que vai aumentar o leque das receitas que espero fazer para os meus amigos tais como sopa de camarão e muitos mais pratos. E perguntarão, mas o que comprou você? Lemongrass, em inglês e citronell em francês, em português não sei o seu nome, sei apenas que é um dom da natureza para a cozinha.

Depois fomos ver um e quem quis depois de pagar bem entendido elefantes, eu adoro aventuras e fui sozinho no dorso de um elefante, que tinha 20 anos pelo tamanho era ainda um jovem, porque na minha frente seguia um , que o tratador me disse que tinha 45 anos, era quase o dobro daquele que me transportava.

E a segunda vez na minha, vida que ando de elefante a outra vez foi também aqui na Tailândia mas no norte, perto de Chiang May, o percurso foi maior e até atravessamos um rio mas sensação foi a mesma, quem poder, aproveite, pois estará contribuindo para que estes animais se perdurem no tempo

Depois, seguimos viagem e paramos num local onde havia um palácio e um centro artesanal onde havia combates entre cobras e homens, ainda entre, paguei mas não gostei, acho muito arriscado pessoas colocarem sua vida em jogo, por cascas de alhos, por isso sai sem ter terminado., mas aproveitei o tempo para fazer umas fotos lindíssimas.

O que queria convidar vocês todos era para fazer compras, aqui há de tudo e em conta o que custa não é comprar, mas transportar pois a mala fica logo pesada e temos um limite de Peso por isso há que estar sempre de olho no peso.

E um regalo, passar na rua e ver aqueles comerciantes tentando vender sua mercadoria, aqui reina o resgatar mesmo assim, somos enganados mas pelo preço é sempre um bom negócio. Por vezes tenho que parar, porque passa cada comboio, o árabe a frente e as 5 mulheres em fila, imaginem, mas mesmo isso é divertido, aqui tudo é bem engraçado e a comida, também é muito boa, mas muito picante. Bom dia e até amanha.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

thirteen + six =