Os militares da nossa terra.

Desde tempos imemoriais que os homens fazem a guerra e para isso são necessários os soldados e da nossa terra devem ter participado muitos.

Como terra de passagem sempre serviu de caminho, tanto para invasores como para defensores, por aqui passaram todos e os últimos foi aquando das guerras liberais em que o exército absolutista depois de ser derrotado em Mirandela veio na direcção de Mogadouro e depois de ter passado a Ponte de Remondes onde deixou uma guarda veio pela ladeira acima e acampou nos eiras onde o general absolutista escreveu um documento que existe na Torre do Tombo, onde fala de tudo e diz que o seu exército estava na ponte para defender e atrasar a chegada dos Liberais a fim de poderem atingir Espanha.

Mas a guarda que seguia para a ponte a fim de render os seus colegas, muitas se passavam para o campo liberal e por isso logo de manhã cedo foi o exército em marcha acelerada na direcção de Miranda por onde pudesse chegar a Espanha onde se sentiam em segurança.

Aqui nesta secção serão colocados todos os militares que ajudaram a nossa pátria na defesa de seu território em todo o mundo.

Serão colocados os que serviram na primeira guerra mundial, depois na Índia, Angola ,Moçambique Guine ,São Tomé, Cabo Verde e Timor espero que todos estejam de acordo e se tiverem algum familiar que deseje baste me dizer a pagina é de todos.

Vamos falar da Primeira Guerra mundial, onde participaram os portugueses de entre eles dois que nasceram na nossa terra.

O senhor Bernardino Mesquita e o senhor Carlos Benigno que embora tenha nascido em Remondes viveu a sua vida quase toda no Azinhoso.

Ambos participaram na batalha de Verdun em França onde num só dia morreram mais de cinco mil Portugueses. Tenho muitas historias para contar sobre esta guerra espero gostem.

Atenciosamente A.B.Cordeiro

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

nineteen − 13 =