As vindimas

Hoje è dia de vindimas por todo o lado se vêem tractores e carrinhas cheias de uvas que darão o delicioso vinho que cada qual dirá ser uma pinga dos diabos mas por vezes é uma zurrapa difícil de tragar.

Antigamente havia muitas vinhas mas eram diferentes não estavam preocupados com a qualidade mas sim com a quantidade e por isso as castas eram menos e os vinhos quase sempre muito concentrados muito carrascões.

Este ano havia muita uva e de grande qualidade mas parece que os entendidos dizem ter baixo teor alcoólico o que sem ele torna-se mais difícil a sua conservação.

Partimos logo pela manha estava um friozinho que depois do aparecimento do sol se foi embora eu como sempre era o único que ia com ia de manga curta mas para não fazer figura fingi que não sentia o frio mas senti mesmo.

Já levamos as uvas para o lagar onde foram moídas e onde esperam para fermentar mas isso conto depois espero gostem e vejam a galeria de fotos que colocarei sobre as vindimas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 × two =