Sexta Feira Santa.

 

Realizaram-se nesse dia, tal como tem vindo a suceder, desde há alguns anos, a reza das cruzes pela aldeia, que eu tive a oportunidade de assistir pela primeira vez, assim como grande parte da aldeia.

O dia estava nebuloso, mas quis o tempo que tudo se tenha desenrolado muito bem na paz de Deus, depois de terem assistido ao funeral do senhor António Alves, que morreu Quinta Feira Santa, com a idade de 90 anos a ele a paz de Deus e aos familiares os nossos pêsames.

Agora tudo é diferente, dos tempos da minha juventude, em que as cruzes eram rezadas dentro da Igreja, mas tenho que dizer que adorei assistir a esta via-sacra realizada pela aldeia.

Cada estação, era decorada pelos moradores que estavam próximos a elas, e cada um tentava fazer, o mais lindo possível, e não posso deixar de agradecer a todos a sua boa vontade e dizer-lhe, que na verdade estavam todas muito lindas.

Parabéns a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

twelve − 3 =