Passeio cultural relva,tijela e Santo Antão.

O dia estava meio chuvoso,

lá fui eu ladeira abaixo, depois de ver o rio passei junto da ponte e segui, para a relva e subi na direcção do pareisal, parando varias vezes fazendo pesquisas, e encontrei vários vestígios de cerâmica, embora não sejam vestígios muito intensos demonstram que o povo andou por ali, ainda encontrei um pedaço de um tacho antigo e pouco mais.

A paisagem è fantástica vale a visita, por incrível que pareça nunca tinha passado por ali adorei, lá ao fundo corre o rio Sabor, lindo, selvagem, como sempre até quando?

Ao longe lá andavam as pessoas na apanha da azeitona, que estas quase no fim, este ano todos os frutos vieram mais cedo, e por isso já esta tudo pronto, o azeite é de boa qualidade e bastante.

Parando e observando lá cheguei a quinta do Santo Antão, onde andei vendo mais uma vez os pequenos pormenores, cheios de historia, tentando encontrar algo de novo.

Observei as janelas, que por serem tão raras, são relíquias de um passado recente que não volta mais, serviram para comunicar e para observar a paisagem e para os namoricos de outrora.

Desde que visitei a quinta com os arqueólogos, tenho andado a procura de algo mais antigo e semanas passada num lugar que fica , quem desce para a quinta do lado direito numa terra encontrei dois restos de cerâmica muito antiga, como ainda não tinha encontrado por estas paragens, mas quero ainda fazer mais uma pesquisa a fim de confirmar o que já encontrei, que acho ser bem mais velho que o que já tinha encontrado junto do Castanheiro, onde havia restos de cerâmica medieval, que talvez sejam do povo que depois se fixou no lugar onde existem actualmente os restos da quinta do Santo Antão, porque na verdade era o melhor local com agua e bastante abrigado.

Quando caminho pelos restos das casas, só de imaginar que ali moraram pessoas e vendo as condições que eles deviam ter, era difícil a vida meu amigo era por todo o lado assim.

Esta quinta ainda espera a oportunidade de alguém que queira aqui, fazer algo de bom para o turismo, tem tudo para isso, paisagens lindíssimas e muito sossego. Porque espera, venha visitar esta antiga quinta, tenho a certeza que não se vai arrepender.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

16 − 2 =